O Pastel, ao contrário do que muitos pensam, não é originário do “Snack” Americano, do “Gyosa” Japonês, e, tão pouco do “Rolinho Primavera” Chinês. O Pastel é fruto da criatividade do Brasileiro, associada à diversidade culinária que, só um país tropical com dimensões continentais, pode possuir.

Não existe registro de como o pastel tenha surgido.
A versão mais conhecida é de que o pastel, no formato atual, tenha sido criado a partir Gyosa, um tipo de pequeno pastel japonês, que é cozido em banho maria ou assado na chapa.

Acredita-se que, por acidente, um Gyosa tenha caído em óleo quente e a partir daí tenha surgido o pastel como conhecemos. Nesta época, os recheios eram apenas de carne e queijo.
No Brasil, o pastel é um dos produtos mais consumidos em todas as regiões. O produto apareceu inicialmente em São Paulo, entre os descendentes japoneses, por volta da década de 40.